Curió Pensante - Informação, reflexão, ironia e um pouco de realismo fantástico.
A CONSPIRAÇÃO
O delírio onírico de Lula.
date_range17/06/2019 às 00:28

Conduta ilegal

Por: Márcio Rogério Bernardo Matos

Todo brasileiro mediano com um mínimo de alcance à informação honestidade intelectual sabe de muito tempo atrás dos esforços do Partido dos Trabalhadores (PT) e de todos os parasitas que orbitam em seu entorno, na esfera política e institucional nacional trabalha dioturnamente em prol de criar no inconsciente coletivo um descrédito pela Operação Lava jato.
O PT sonha com o dia em que os procuradores do Ministério Público e o então juiz federal Sérgio Fernando Moro decaiam do posto de resgatadores de um senso de esperança na justiça e punição dos crimes cometidos por autoridades do poder público e de indivíduos do mais alto escalão financeiro. O trabalho de afetar esse processo inédito que levou os "ungidos" à cadeia e à privação de privilégios tem como interesse nuclear e convergente a libertação do chefe da maior quadrilha criminosa política da história ocidental, Lula, e por efeito cascata, provocar o mesmo para todos os que se juntaram nesse esquema; muita coisa inunda já foi feita contra a Justiça, mas todas elas foram desmascaradas.
As trocas de mensagens hackeadas por criminosos com uma mais que suspeita ligação com a esquerda política brasileira, foram anunciadas como um tiro de m.... no ventilador para derrubar Moro e os procuradores. O jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept e casado com o deputado David Miranda, do PSOL (partido pragmaticamente voltado para a defesa de bandidos) tem lançado fortes ataques contra o atual ministro Moro, ataques que vão além da divulgação das conversas roubadas. Greenwald é associado a esquemas políticos de mídia e trabalhou em diversas oportunidades para provocar crises políticas irresponsáveis e voltadas para favorecimento de aliados seus. A divulgação de novas conversas por Greenwald dia após dia não têm produzido no entanto, o desejo que o jornalista, a maioria da mídia e principalmente a oposição esperava, pelo menos por enquanto; Moro permanece nos braços e no coração dos bons brasileiros.
A mais recente coleção de diálogos entre autoridades roubadas, conseguiu extrair do ministro Moro uma resposta que mostra a recepção que eles (os vazamentos) têm obtido por parte dele e num sentido ulterior, do povo brasileiro. Segue a nota integral do ministro:
O Ministro da Justiça e Segurança Pública não reconhece a autenticidade e não comentará supostas mensagens de autoridades públicas colhidas por meio de invasão criminosa de hackers e que podem ter sido adulteradas e editadas. Reitera-se a necessidade de que o suposto material, obtido de maneira criminosa, seja apresentado a autoridade independente para que sua integridade seja certificada."
O jurista Carlos Velloso, ex-ministro presidente do Supremo Tribunal Federal concedeu uma entrevista ao O Globo, publicada neste domingo recomendando cautela e cuidados por parte daqueles que estão no papel de julgadores dessa armação, uma vez que as "provas" de suposto conluio na Lava jato são ilícitas.
"Esse tema deve ser tratado com muita cautela, porque nasce de uma ilegalidade, que foi a invasão dos telefones por hackers. É um meio de comunicação em que prevalece a privacidade. Então há um caso surgido de provas ilícitas, algo que a Constituição não admite. A lei diz que são nulas as provas obtidas com ilicitude, e esta é a primeira questão que tem que ser posta em mesa para debate." sentenciou o ex- ministro de melhores tempos do STF.
Guardamos a esperança que a moral e a ética pública estejam aliadas à honesta interpretação da lei e contra os verdadeiros criminosos.
LEX VINCIT SEMPER!

Sobre
Informação, reflexão, ironia e um pouco de realismo fantástico! Participe conosco da construção de um novo pensar consciente e livre de manipulações! Acompanhe-nos em nosso blog, Instagram, Facebook, Twitter e no site Miséria, o maior portal de notícias do interior cearense. Editorial: Antonia Gomes Lacerda de Meneses - Jornalista e editora-chefe Márcio Rogério Bernardo Matos - Crítico Literário,Teólogo e Redator www.curiopensante.com.br @curiopensante.com.br (88)9 9700-9589 (88)9 9918-3034